Social media:   fb  twitter  yt  slideshare
 ico mapa site Mapa do Site            ico rss Assine nosso Feed
05/05/17

Manifesto do Projeto Brasil Nação

O documento, assinado por diversos profissionais, especialistas, artistas e intelectuais, clama por uma política de desenvolvimento e não rentista para tirar o País da crise econômica.

Idealizado pelo economista Luiz Carlos Bresser-Pereira, documento propõe "alternativa viável e responsável ao país" e a reconstrução de um centro político em condições de unir o país em torno de um projeto

“A desigualdade volta a aumentar, após um período de ascensão dos mais pobres. A sociedade se divide e se radicaliza, abrindo espaço para o ódio e o preconceito”, afirma o manifesto do Projeto Brasil Nação, idealizado pelo economista Luiz Carlos Bresser-Pereira. O documento busca expor uma “alternativa viável e responsável para o país”.

Bresser-Pereira chama a sociedade a se unir em torno de uma ideia de solidariedade nacional frente a “uma crise sem precedentes”, aliada a um “retrocesso com apoio de uma coalizão de classes financeiro-rentista que estimula o país a incorrer em déficits em conta corrente, facilitando assim, de um lado, a apreciação cambial de longo prazo e a perda de competitividade de nossas empresas, e, de outro, a ocupação de nosso mercado interno pelas multinacionais”.

Assinam o documento nomes de diferentes áreas, como o embaixador e ex-ministro das Relações Exteriores Celso Amorim, o escritor Raduan Nassar, o compositor e escritor Chico Buarque, o cineasta Kleber Mendonça Filho, a cartunista Laerte Coutinho, o jurista Fábio Konder Comparato, a filosofa Márcia Tiburi, o médico Alexandre Padilha, a psicanalista Maria Rita Kehl, e a presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Carina Vitral, entre outros.

O texto classifica como pilares da ideia a autonomia nacional, a democracia, a liberdade individual, o desenvolvimento econômico, a diminuição da desigualdade, a segurança e a proteção do ambiente.

Em relação às políticas públicas de caráter econômico, o manifesto apresenta cinco pontos: “Regra fiscal que permita a atuação contracíclica do gasto público, e assegure prioridade à educação e à saúde; taxa básica de juros em nível mais baixo, compatível com o praticado por economias de estatura e grau de desenvolvimento semelhantes aos do Brasil; superávit em conta corrente do balanço de pagamentos que é necessário para que a taxa de câmbio seja competitiva; retomada do investimento público em nível capaz de estimular a economia e garantir investimento rentável para empresários e salários que reflitam uma política de redução da desigualdade; reforma tributária que torne os impostos progressivos”.

As medidas anticíclicas desenvolvimentistas, de acordo com o projeto, “levam ao desenvolvimento econômico com estabilidade de preços, estabilidade financeira e diminuição da desigualdade”, a fim de “ajudar a refundar a nação brasileira, unir os brasileiros em torno das ideias de nação e desenvolvimento”.

>> Leia a íntegra do Manifesto do Projeto Brasil Nação

Comunicação CNTU
Reprodução de notícia Rádio Brasil Atual


Leia também





Comentários   

#1 Letácio Jansen 09-05-2017 22:10
Sou um estudioso do Direito Monetário nacional e internacional e, nessa qualidade, gostaria de acrescentar um argumento aos que figuram nesse Manifesto. Como não existe moeda comum internacional a ordem monetária mundial tem como fundamento as moedas nacionais dos diversos países. Ocorre que os créditos que circulam, internacionalmente, ao que se sabe, são detidos por um número reduzido de famílias, menos de uma centena, donos de bancos e empresas financeiras. Esse pequeno grupo luta contra o fortalecimento das moedas nacionais ( dentre elas contra o Euro, que é uma moeda única supranacional ) por entender que uma ordem monetária internacional mais bem estruturada retira a sua liberdade de manobra quase absoluta. Cabe aos políticos e à mídia de direita divulgar essa ideologia nos seus respectivos países.
Citar

Adicionar comentário

Ações

Uma iniciativa da CNTU em prol do desenvolvimento nacional e do bem-estar da população. São oito temas para ajudar a mudar o Brasil.

Saiba mais

Biblioteca CNTU

Um espaço para você encontrar facilmente informações organizadas em apresentações, artigos, legislações e publicações.

Saiba mais

AGENDA

Sem eventos
 SDS Edifício Eldorado, sala 108 - Brasília/DF

Tel (61) 3225-2288

© Copyright 2015 - Confederação Nacional dos Trabalhadores
Liberais Universitários Regulamentados 
Fundada em 27 de dezembro de 2006.