ico mapa site Mapa do Site            ico rss Assine nosso Feed              yt ico
17/03/20

Entidades contribuem na contenção da Covid 19

Entidades suspenderam atividades, atendendo recomendações de autoridades de saúde, devido à pandemia causada pelo coronavírus, causador da Covid 19.

As entidades filiadas à CNTU estão tomando providências para contribuir com a prevenção do coronavírus, causador da gripe Covid 19. Por recomendações das autoridades de saúde do País e do mundo, diversos locais de trabalho estão em home office, as escolas tiveram as aulas suspensas.

A Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) adotou nova rotina desde segunda-feira (16/3) até o próximo dia 29, quando a situação será reavaliada. Segundo comunicado divulgado hoje, nas próximas "duas semanas, o expediente em nossa sede em Brasília ficará restrito ao período das 9h às 12h. Após esse horário, a entidade pode ser contatada pelo telefone".

Já o Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo (SindNutri), divulgou em suas redes sociais informações de como prevenir a doença.

A Federação Interestadual dos Odontologistas (FIO) publicou uma nota com recomendações para os odontologistas em todo o País.

Abaixo, a nota dos odontologistas:


Covid 19 - Recomendações da Federação Interestadual dos Odontologistas(FIO) para a odontologia brasileira


O momento em que todos os continentes são afetados pela pandemia do COVID 19, vidas estão sendo ceifadas e sistemas de saúde entrando em colapsos, o mundo defronta com um cenário com pouca previsibilidade e, portanto, experimentará consequências sociais, políticas e econômicas, também, pouco previsíveis.Diante dessa conjuntura, é urgente a necessidade de promover a redução de circulação do COVID 19 e, nesse sentido, faz-se necessário sempre que possível, diminuir a concentração de pessoas em um mesmo ambiente.

É do conhecimento das autoridades sanitárias que a pandemia tem um pico de crescimento inicial e, diminuir a circulação de pessoas nos ambientes assistenciais por razões evitáveis, deve ser implementada com a máxima brevidade. As recomendações da Organização Mundial da Saúde – OMS sobre as boas práticas referentes às pandemias devem presidir as iniciativas. Ressaltando que todos devem ter responsabilidades em combater e prevenir o contágio, por isso o reforço nas informações torna-se imperioso.A assistência odontológica implica em alto risco de contágio e disseminação de microorganismos patogênicos, a qual envolve em boa parte de suas ações a utilização de equipamentos rotatórios , assim como de outros que disseminam fluidos e secreções bucais.

Os estudos demonstram que a atividade odontológica, dentro do sistema de saúde, é a que mais está suscetível `a contaminação dos profissionais por agentes patogênicos devido às características do processo de trabalho.No nosso País, o fortalecimento do Sistema Único de Saúde – SUS, é fundamental para garantir a prevenção, a assistência e a preservação da vida . O quadro atual nos mostra a importância de se ter um sistema saúde público bem estruturado.

Por isso, propomos que a revogação da Emenda Constitucional 95 é de fundamental importância para que o SUS possa se fortalecer e fazer frente a essa conjuntura atual. É preciso que todos os trabalhadores do SUS, sejam concursados ou com outros vínculos, inclusive em situações de emergência em saúde, tenham asseguradas as condições laborais para que possam ter segurança no trabalho e garantam qualidade na assistência. O governo brasileiro precisa adotar, urgentemente, medidas econômicas para garantir a sobrevivência e a qualidade de vida da classe trabalhadora e dos seus familiares, principalmente, nesse momento delicado da saúde pública brasileira.

Diante do exposto, considerando o caráter eletivo da maioria das doenças e necessidades de atenção odontológica, ressaltamos que o adiamento de procedimentos eletivos não trarão prejuízos à população nesse momento da pandemia do COVID 19 , ao contrário, trarão benefícios!

A Federação Interestadual dos Odontologistas – FIO, recomenda aos serviços de saúde Públicos que se abstenham de assistência à saúde bucal de caráter eletivo por pelo menos 21 dias, mantendo apenas os serviços de urgência na área odontológica. E o mesmo esperamos dos serviços do setor privado.Recomendamos que os trabalhadores do setor público devam manter-se em suas residências à disposição da gestão, podendo serem convocados ao retorno de suas atividades a qualquer momento.

E os trabalhadores do setor privado estejam atentos aos riscos na sua atividade laboral, bem como às suas responsabilidades enquanto profissionais de saúde.Esperamos com isso, estar contribuindo com o nosso Sistema Único de saúde, com a redução da disseminação e contágio dos usuários e, dos profissionais que nele trabalham, tanto no setor público quanto privado.

Atenciosamente, José Carrijo Brom
Presidente da FIO



Comunicação CNTU





Adicionar comentário

Ações

Uma iniciativa da CNTU em prol do desenvolvimento nacional e do bem-estar da população. São oito temas para ajudar a mudar o Brasil.

Saiba mais

Biblioteca CNTU

Um espaço para você encontrar facilmente informações organizadas em apresentações, artigos, legislações e publicações.

Saiba mais

AGENDA

 SDS Edifício Eldorado, sala 108 - Brasília/DF

Tel (61) 3225-2288

© Copyright 2015 - Confederação Nacional dos Trabalhadores
Liberais Universitários Regulamentados 
Fundada em 27 de dezembro de 2006.