ico mapa site Mapa do Site            ico rss Assine nosso Feed              yt ico
feed-image RSS
28/09/16

A importância da saliva para a saúde e para um bom hálito

Entidade nacional, como forma de alertar a questão, definiu 22 de setembro como o "Dia Nacional do Combate à Halitose".

 

A Associação Brasileira de Halitose (ABHA) ressalta que diagnosticar e tratar as alterações do hálito e da saliva contribuem para a melhoria da saúde bucal e da vida social das pessoas. Assim, a Campanha "A importância da saliva para a saúde e para um bom hálito" visa conscientizar a população sobre a halitose e as alterações salivares.

Considerado vilão da autoestima e responsável por prejudicar relações em todas as esferas, o mau hálito atinge, de forma crônica, cerca de 30% da população brasileira, ou seja, em torno de 57 milhões de pessoas. Para ajudar a resolver o problema, a Associação estabeleceu 22 de setembro como o “Dia Nacional do Combate à Halitose”, popularmente conhecida como mau hálito.

De acordo com a presidente da ABHA, Maria Cecília Aguiar, estima-se que 90% dos casos de mau hálito têm origem bucal, devido a problemas como baixa salivação ou ainda higienização bucal deficiente, periodontite, gengivite e acúmulo de saburra lingual. Por este motivo, o dentista realmente deve ser o profissional de primeira escolha para quem deseja evitar ou eliminar o problema. O estômago, ao contrário do que muitos pensam, responde por apenas 1% dos casos de halitose.

A Associação lembra que combater a halitose é de extrema importância, afinal, além de poder estar relacionado a diversas doenças, o mau hálito segrega o portador, levando-o ao isolamento social e amoroso. Um dentista qualificado ajuda a devolver um hálito agradável e a segurança ao paciente, ajudando-o a resgatar sua posição na sociedade.

A seguir, algumas dicas da entidade para combater o problema:

* Alimente-se, no máximo, a cada 4 horas para evitar a hipoglicemia e estimular a salivação;

* alimentos cítricos, como a laranja, estimulam as glândulas salivares a produzir saliva, refrescando o hálito;

* faça uma boa higienização após as refeições, escovando os dentes, usando fio dental e também limpador lingual;

* faça visitas periódicas ao dentista e ao médico. Prevenir é sempre melhor que remediar!

* tome diariamente bastante água para se hidratar e incentivar a produção de saliva, lembrando que 99% da constituição da saliva é água;

* evite antissépticos bucais com álcool na formulação, pois eles ressecam a mucosa bucal e agravam ainda mais o problema do mau hálito.

* cuidado com dietas muito restritivas, que podem causar carências nutricionais e cetose, que podem gerar halitose. Mantenha algumas porções de carboidratos e fibras em sua alimentação diária; e

* tente controlar o estresse, já que o fluxo salivar tem relação direta com o equilíbrio do sistema nervoso central.


Comunicação CNTU
Informação da ABHA

 

Leia também



+ Notícias

Adicionar comentário

Ações

Uma iniciativa da CNTU em prol do desenvolvimento nacional e do bem-estar da população. São oito temas para ajudar a mudar o Brasil.

Saiba mais

Biblioteca CNTU

Um espaço para você encontrar facilmente informações organizadas em apresentações, artigos, legislações e publicações.

Saiba mais

AGENDA

25/10/2019
Dia do Odontologista
11/12/2019
Dia do Engenheiro
 SDS Edifício Eldorado, sala 108 - Brasília/DF

Tel (61) 3225-2288

© Copyright 2015 - Confederação Nacional dos Trabalhadores
Liberais Universitários Regulamentados 
Fundada em 27 de dezembro de 2006.