ico mapa site Mapa do Site            ico rss Assine nosso Feed              yt ico
01/02/19

Compartilhando conhecimento para um mundo mais sustentável

Carlos Magno Corrêa Dias

Os softwares livres são importantes ferramentas na disseminação do conhecimento para todos. É o que atesta o professor e conselheiro da CNTU, Carlos Magno Corrêa Dias, em artigo.

 

Com certa frequência, com maior ou menor intensidade, em diferentes contextos, ressurgem discussões, nem sempre embasadas científica ou tecnologicamente, sobre questões relacionadas à escolha de se utilizar Softwares Proprietários ou Softwares Livres; não sendo poucas as polêmicas geradas em consequência.

 

De imediato há de se observar que não seria o caso, sob quaisquer alegações, apresentar defesas calorosas sobre o uso estrito ou generalizado sejam dos Softwares Livres sejam dos Softwares Proprietários sem um prévio e detalhado estudo. Pondere-se que tanto os Softwares Livres quanto os Softwares Proprietários apresentam vantagens e desvantagens se prestando a atender possibilidades de distintas complexidades conforme demandas e regimentos determinantes das empresas ou necessidades das pessoas.

 

Entretanto, avalie-se que os Softwares Livres tornam-se opção interessante (por vezes decisivas) dado que os usuários dos correspondentes programas como têm o “código fonte” poderão utilizar, auditar, copiar, melhorar, modificar, adaptar e redistribuir os programas de forma a atender suas necessidades específicas e ampliar cada vez mais o número de usuários. Sem dúvida alguma os graus de liberdade na utilização dos Softwares Livres são importantes quando se pretende a disseminação do conhecimento para todos aqueles que trabalham em dada comunidade seja ela corporativa ou não.

 

De acordo com entendimento geral Software Livre é todo programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado, modificado e redistribuído sem o estabelecimento de licenças diferentemente do Software Proprietário que (necessariamente) é vendido para a produção de lucro.

 

Um software é considerado Software Livre se, e somente se, apresenta, em conjunto, as seguintes quatro liberdades; quais sejam:

– Liberdade 0: liberdade de executar o programa, para qualquer propósito;

– Liberdade 1: liberdade de estudar como o programa funciona e adaptá-lo para necessidades específicas do usuário. Um pré-requisito para esta liberdade é acesso ao código-fonte.

– Liberdade 2: liberdade de redistribuir cópias para todos.

– Liberdade 3: liberdade de aperfeiçoar o programa e liberar os correspondentes aperfeiçoamentos de modo que toda comunidade possa ser beneficiada. Um pré-requisito para esta liberdade é acesso ao código-fonte.

 

É oportuno ressaltar que as quatro liberdades em referência devem ser irrevogáveis de modo que se o desenvolvedor do software tiver o poder de revogar a licença, o software não poderá ser classificado como Software Livre.

 

É importante salientar, também, que confiabilidade representa questão a ser levada em conta quando da escolha pela utilização de Softwares Livres, pois como muitos profissionais trabalham no “código fonte”, erros são mais rapidamente detectados e corrigidos, inúmeras avaliações são realizadas objetivando atingir maior desempenho e, na maioria das vezes, a disponibilização para uso geral somente é realizada após atingir-se a necessária estabilidade.

 

Uma questão primordial a destacar na opção pelos Softwares Livres é quanto à socialização dos conhecimentos envolvidos na elaboração contínua haja vista que um Software Livre “jamais” estará completamente “pronto”. Cada Software Livre sempre será melhor com o passar do tempo tendo em vista o grande número de pessoas trabalhando para implantar melhoramentos e ampliar aplicações, não estando as novas atualizações sujeitas às pressões de mercado como ocorrem com os Softwares Proprietários.

 

É inegável que uma das grandes vantagens do uso de Softwares Livres em relação aos Softwares Proprietários é o não pagamento de licenças haja vista que as mesmas representam, invariavelmente, grande custo anual para as Empresas.

 

Porém, é importante ressaltar que como o Software Livre é desenvolvimento de forma descentralizada e não se tem um padrão definido para a interface dos usuários entre vários aplicativos semelhante realidade acaba sendo um problema de difícil solução. A dificuldade em referência é mais facilmente amenizada ou resolvida pelo Software Proprietário que tem desenvolvimento centralizado e com padrões bem definidos de forma a promover interfaces cada vez mais amigáveis e interconectadas.

 

Além da vantagem anteriormente considerada a utilização dos Softwares Proprietários traz outros benefícios em relação ao Software Livre. Talvez as mais importantes vantagens do uso de Software Proprietário em relação ao Software Livre residem no fato que os Softwares Proprietários possuem maior facilidade de instalação e manuseio, possuem suporte técnico oferecido pelos fornecedores em abundância e contribuem para o crescimento (efetivo) da economia dos países que os utilizam.

 

Outro ponto a considerar quanto às desvantagens dos Softwares Livres em relação aos Softwares Proprietários é o fato que enquanto os primeiros não apresentam conjunto suficiente de técnicos qualificados que torne os custos mais baixos e acelere o desenvolvimento, suporte e administração dos sistemas; os últimos apresentam em quantidade significativa as correspondentes facilidades.

 

Das vantagens e desvantagens da utilização tanto dos Softwares Livres quanto dos Softwares Proprietários é natural concluir que muito deva ser avaliado antes da correspondente escolha. Contudo, deve haver um ponto de partida que permita a tomada de decisão. Neste sentido, centrado na sustentabilidade, sugere-se, então, levar em conta a universalização do conhecimento como um dos fatores a considerar que permitirá ampliar o saber parra em conjunto produzir muito mais soluções.

 

 

 

*Carlos Magno Corrêa Dias é professor, pesquisador e integrante do Conselho das Mil Cabeças da CNTU. Artigo publicado originalmente no jornal Gazeta do Povo.

 

 

Leia mais:

 



+ Artigos

Adicionar comentário

Ações

Uma iniciativa da CNTU em prol do desenvolvimento nacional e do bem-estar da população. São oito temas para ajudar a mudar o Brasil.

Saiba mais

Biblioteca CNTU

Um espaço para você encontrar facilmente informações organizadas em apresentações, artigos, legislações e publicações.

Saiba mais

 SDS Edifício Eldorado, sala 108 - Brasília/DF

Tel (61) 3225-2288

© Copyright 2015 - Confederação Nacional dos Trabalhadores
Liberais Universitários Regulamentados 
Fundada em 27 de dezembro de 2006.